quinta-feira, fevereiro 21, 2008

ClearCase e SOA

Má, estava conversando com o Renato sobre seu problema de criar WS (Web Services) e a falta de um embasamento de SOA. Ele sugeriu criar estes serviços para dar conta da demanda sem se preocupar muito agora, e depois evoluí-los na medida em que o SOA for sendo implantado aí, mesmo porque isto implica em envolvimento de muita gente, e uma curva de aprendizado não muita rápida.

Quanto ao ClearCase, me parece que ele, na versão básica, sofre com desempenho quando comparado ao CVS e ao SVS. Agora, se usado na versão Power, que não sei exatamente qual é, a conversa muda, principalmente se usado junto com RPM e RUP.

2 comentários:

baraoDOcafe disse...

Meus comentários sobre SOA:

Quando se fala em SOA a primeira idéia que vem em mente é de uma arquitetura corporativa. Criar uma arquitetura corporativa que funcione não é simples. Por isso criar rapidamente um mundo SOA em uma empresa que nunca pensou em serviços é muito complicado.
Para não falhar a melhor forma é criar estratégias que façam essa transição de forma planejada e paulatina. Se você nunca teve contato com SOA eu te recomendo fazer um piloto criando apenas uma aplicação utilizando conceitos da orientação a serviços. Esse piloto vai te dar noção da diferença de pensar em aplicações baseadas em componentes e aplicações baseadas em serviços.
Quando você começar a sentir confiança, sugiro criar um comitê para discutir que estratégia adotar para atingir SOA corporativo. Como isso é complexo e demandará muito tempo, o ideal é iniciar com uma estratégia departamental e ir evoluindo gradativamente.
Lembre-se que SOA é mais que um repositório de web-services. Esse conceito envolve grandes mudanças na infra-estrutura e na cultura da organização. Um exemplo: normalmente em uma corporação os departamentos que utilizam uma determinada aplicação rateiam o consumo de MIPS dela (isso é chamado de billing). As empresas já tem componentes de software que fazem a medição e o rateio. Se você migrar para SOA como você será o billing já que a aplicação será cliente de um monte de serviços espalhados nos diversos domínios da corporação? Como modelar os serviços e organizá-los em domínios? Isso requer uma boa visão de negócio de toda corporação.
Recomendo começar a leitura de livros, consultar cases de outras empresas, ver lista de mitos sobre SOA, fazer uns laboratório e criar um grupo de discussão na empresa.

baraoDOcafe disse...

Comentários sobre ClearCase:

O problema entre o ClearCase e CVS não é de performance, é de funcionalidade. Pelo menos era entre a versão mais basica que existia do ClearCase. Eu pesquisei isso em 2002, acho que muita coisa mudou.
Para ter certeza, procure na internet um quadro comparativo que lista função por função e você descobrirá se ele atende suas necessidades.
Considere ainda que o ClearCase se pluga naturalmente a todos os outros produtos Rational. :-)

Pesquisar este blog