segunda-feira, dezembro 13, 2010

Amigo Secreto pode ser legal - Parte 2

Não ter escolhido que presente ganhar no amigo secreto deste ano acabou dando muito certo. Para homologar minha não escolha, quem teve de se virar nos trinta foi meu big boss.
Por conta do meu post anterior, a ameaça que pairava sobre todos era o assustador par de meias. Não deu outra, meu B-Boss veio com as benditas engatilhadas de presente, mas já emendando com o livro sobre a vida do nerd que deu certo, Zuckerberg, e um CD da Leila Pinheiro cantando Renato Russo. Sozinho eu jamais teria escolhido isso, mas ganhar foi ótimo. CQD.

Nenhum comentário:

Pesquisar este blog